domingo, 5 de julho de 2009

A VOZ DO SILÊNCIO

"Pior do que uma voz que cala, é um silênio que fala!"
Simples, rápido" E quanta força!
Imeidatamente me veio à cabeça situaçõesem que o silêncio me disse verdades terríveis pois, você sabe,o silêncio não é dado a amenidades. Um telefone mudo. Um e-mail que não chega. Um encontro onde nenhum dos dois abre a boca. Silêncios que falam sôbre desinteresse, esquecimento, recusas. Quantas coisas são ditas na quietude, depois de uma discussão. O perdãonão vem, nem um beijo, nem uma gargalhada para acabar com o clima de tensão.Sò ele permanece imutável, o silêncio, a ante-sala do fim. È milvezes preferível uma voz que diga coisas que a gente não quer ouvir, pois ao menos as palavras que são ditas indicam uma tentativa de entendimento. Cordas vocais em funcionmento articulam argumentosw, espõem suas queixas, jogam limpo. Já o silêncio arquiteta planos que não são compartilhados. Quando nada é dito, nada fica combinado. Quantas vezes numa discussão histérica, ouvimos um dos dois gritar:"Diz alguma coisa, mas não fica aí parado me olhando!" È o silêncio de um mandando más notícias para o desespero do outro. È claro que há muitas situações em que o silêncio é bem-vindo. Para um cara que trabalha com uma britadeira na rua, o silêncio é um bálsamo. Para a professora de uma creche,o silêncio é um presente. Para os seguranças de um show de rock, o silêncio é um sonho. Mesmo no amor, quando a relaçao é sólida e madura, o silêncio a dois não incomoda,pois é o silêncio da paz. O único silêncio que pertuba é aquele que fala. E fala alto. È quando ninguem bate à nossa porta, não há recados na secretária eletrônica e mesmo assim você entende a mensagem.(Martha Medeiros).//.
Obs: 'Série- Alí Babà e os 40 ladrões".

4 comentários:

angela disse...

Este silencio que fala é terrivel, mas as vezes é o silencio da ignorancia, o silencio que não sabe o que dizer e que cada um interpreta de acordo com seus terrores.
Uma boa semana
Abraços

Marcos Pontes disse...

Bem ilustrado. A Martha Medeiros, escritora festejada em seu cafezinho com leite, provavelmente não queria falar disso, mas casou-se certinho o texto com as imagens. Assim eu até posso gostar dela.

WORF NETO disse...

Off-Topic: Grato pelo comentário. É isso meso a listagem de bajuladores ficará maior, mas mesmo assim não perderei uma oportunidade de descer o "porrete". Um forte abraço!

DIABINHOSFORA disse...

Gostei muito desta exposição. Há silêncios que doem muito sim.