segunda-feira, 24 de agosto de 2009

O FRUTO DOS PROGRAMAS SOCIAIS de LULA.

E não é só no Ceará. Em Minas e Espiríto Santo, o café está se perdendo por não se achar empregados. Eles até aceitam, mas sem registro em carteira, aí a Justiça do Trabalho arrebenta o cafeicultor. Como não pode trabalhar sem CP assinada e assim eles não querem, passam o dia todo enchendo a cara de cachaça - fiado - e pagam depois com o dinheiro da bolsa-vagabundo. E as mulheres levam para casa o que conseguem trabalhando como domésticas. E se não entregam o dinheiro levam umas boas bolachas pela cara!
(Fonte:Cida Fraga
http://cantinho_dos_sonhos.zip.net/ )
Segunda-feira, Agosto 24, 2009
Bolsa Família, um prêmio ao brasileiro VAGABUNDO.
Como o setor têxtil é de vital importância para a economia do Ceará, a demanda por mão de obra na indústria têxtil é imensa e precisa ser constantemente formada e preparada. Diante disso, o Sinditêxtil fechou um acordo com o governo para coordenar um curso de formação de costureiras. O governo exigiu que o curso deveria atender a um grupo de 500 mulheres que recebem o Bolsa Família. De novo: só para aquelas que recebem o Bolsa Família.
O importante acordo foi fechado dentro das seguintes atribuições: o governo entrou com o recurso; o Senai com a formação das costureiras, através de um curso de 120 horas/aula; e, o Sinditêxtil com o compromisso de enviar o cadastro das formandas às inúmeras indústrias do setor, que dariam emprego às novas costureiras. Pela carência de mão obra, a idéia não poderia ser melhor. Pois é. Pois bem. O curso foi concluído recentemente e com isto os cadastros das costureiras formadas foram enviados para as empresas, que se prontificaram em fazer as contratações. E foi nessa hora que a porca torceu o rabo, gente. Anotem aí: o número de contratações foi ZERO. Entenderam bem? ZERO, gente. Enquanto ouvia o relato, até imaginei que o número poderia ser baixo, mas o fato é que não houve uma contratação sequer. ZERO. Sem qualquer exagero. O motivo? Simples, embora triste e muito lamentável, como afirma com dó, o diretor do Sinditêxtil. Todas as costureiras, por estarem incluídas no Bolsa Família, se negaram a trabalhar com carteira assinada. Para todas as 500 costureiras que fizeram o curso, o Bolsa Família é um beneficio que não pode ser perdido.
É para sempre. Nenhuma admite perder o subsidio.
SEM NEGÓCIO- Repito: de forma uníssona, a condição imposta pelas 500 formandas é de que não se negocia a perda do Bolsa Família. Para trabalhar como costureira, só recebendo por fora, na informalidade. Como as empresas se negaram, nenhuma costureira foi aproveitada.
A RAZÃO DE LULA - O que sobrou nisso tudo? Muita coisa. O custo alto para formar as costureiras foi desperdiçado. E pelo que foi dito no ambiente da FIEC, casos idênticos do mesmo horror estão se multiplicando em vários setores. Considerando que a região nordeste do país contempla o maior número de beneficiados com o Bolsa Família, aí está a razão para sermos todos imbecis e idiotas. Lula tem razão. Toda razão.
PATERNALISMO e POPULISMO a melhor forma de tornar um povo vagabundo.
O brasileiro já é indolente por natureza e com ajuda oficial, agora é que não vai querer saber de "batente". Antigamente, quando o PT era um partido em busca do poder, qualquer político de oposição que fizesse um plano como este seria processado pela justiça eleitoral. Hoje nenhuma instituição é séria neste país.
ESSE PROGRAMA DE BOLSAS DEVERIA SER CHAMADO DE CURRAL ELEITORAL, VOTO DE CABRESTO, OU DESCARADA COMPRA DE VOTOS.
Mas qual juíz ou promotor público no Brasil de hoje tem peito ou mesmo ética para por um fim nisso?
ESTAMOS ENTREGUES ÀS MOSCAS. QUE VERGONHA!!!!
CPI-BRASIL.COM(Comentátio):
Enviado para nossa redação êste e-mail.Concordamos plenamentecom o comentário da Cida Fraga.

2 comentários:

angela disse...

Em algum momento a situação vai ficar insustentável, ou por ficar cara demais ou por falta de mão de obra.
abraços

Jacke disse...

E como fica a questão da aposentadoria depois? Vai ter aposentadoria depois de receber 25, 30 anos da bolsa família tb? Para obter votos, um cidadão é capaz de vender a alma. Tudo é possível com essa corja.