domingo, 16 de agosto de 2009

O LAMENTO DO SOLITÁRIO (?)

“Fiquei totalmente isolado. Estou tomando porrada sozinho. Sumiu todo mundo”, desabafou, na tarde de sexta (14), o líder do PT. Mercadante falava a um amigo, pelo telefone. Parecia rendido à evidência de que, no PT, o pior tipo de solidão é a companhia dos companheiros de bancada
Ideli Salvatti, Delcídio Amaral e João Pedro, os petês que votam no Conselho de (a)Ética recusam-se a levar adiante os planos de Mercadante. Pior: acusam o líder de fazer jogo de cena. Sabe que Sarney safou-se. Mas faz média com o eleitorado esclarecido de São Paulo.
“O partido tinha apoiado a minha tese. Retirou o apoio. Fiquei numa situação difícil”, Mercadante se lamuriava ao amigo. Ele antevê as manchetes do dia seguinte: “Se o Sarney caísse, a culpa seria minha. Se o Sarney fica, a culpa é do PT”. //.(Fonte:Blog do Josias).//.
CPI-BRASIL.COM(Comentário):
O vai mais não vai do Mercadante, os pronunciamentos controversos, as contradições diárias, mesmo à contragosto, são fatores que o colocaram entre a 'cruz e a caldeirinha". O ficar em cima do muro, o meio termo, nunca foram bons conselheiros. Oito ou oitenta! Errar sempre por excesso. Nunca por omissão! "tadinho do moço!




2 comentários:

angela disse...

Que peninha, já teve muitos ex companheiros dele que sentiram-se assim sozinhos.
abraços

"re" disse...

Oi Roy

Só acredito que Mercandante fale sério se for a TV e declarar que mesmo como petista está rompendo com a base aliada de Lula. Se isso não acontecer esta blefando para ficar numa boa com os eleitores, ou fica do lado da verdade ou da podridão,
Mercadante está em cima do muro, tem vontade de ser honesto, pelo menos tentar né, mas tem medo de perder os privilégois que o PT lhe oferece, ou ele aplaude Sarney e Lula que tanto defende Sarney e toda corja do PMDB, exeto alguns poucos, ou ele rompe de vêz.
É bem melhor ficar contra a corrupção à ficar contra o eleitor, se não fizer isso, assume ser farinha do mesmo saco.

Un beso