quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

APRENDENDO A ESCREVER!

Sobre a Vírgula:
(Muito legal a campanha dos 100 anos da ABI (Associação Brasileira de Imprensa).
Vírgula pode ser uma pausa... ou não.
Não, espere.
Não espere.
Ela pode sumir com seu dinheiro.
23,4.
2,34..
Pode ser autoritária.
Aceito, obrigado.
Aceito obrigado.
Pode criar heróis.
Isso só, ele resolve.
Isso só ele resolve.
E vilões.
Esse, juiz, é corrupto.
Esse juiz é corrupto.
Ela pode ser a solução.
Vamos perder, nada foi resolvido.
Vamos perder nada, foi resolvido.
A vírgula muda uma opinião.
Não queremos saber.
Não, queremos saber.
Uma vírgula muda tudo.
SE O HOMEM SOUBESSE O VALOR QUE TEM A MULHER ANDARIA DE QUATRO À SUA PROCURA.
Se você for mulher, certamente colocou a vírgula depois de MULHER.
Se você for homem, colocou a vírgula depois de TEM.
CPI-BRASIL.COM(Comentário):
O texto está formatado, "ipsi líteri" como recebemos do nosso editor/chefe e, com uma informação a mais:"Segundo historiadores, Napoleão perdeu a batalha de Watterloo, em virtude de uma virgula suprimida. Havia enviado um bilhete a um oficial subordinado indagando a possibilidade de atacar o inimigo. Recebeu a resposta: "NÃO. tenha , tenha cautela." . Ocorre que na resposta , não continha a vírgula:"Não tenha cautela. Napoleão não a teve, atacou e se ferrou.

Um comentário:

angela disse...

Acontece e como!