terça-feira, 7 de abril de 2009

DOENÇA DE CHAGAS.

CARTA COMPROMISSO COM A NAÇÃO:
"ASSUMO O COMPROMISSO de livrar o Brasil da Vergonha histórica de ser uma nação ainda com legiões de famintos e flagelados, doentes e analfabetos, desempregados e humilhados, sobreviventes da dor.
NO MEU GOVERNO VOU ERRADICAR A FOME e o analfabetismo dos lares brasileiros."
(Luiz Inácio Lula da Silva - Carta Compromisso Com a Nação)
Você seria capaz de adivinhar de que país são estas crianças comendo lixo?
Eles são BRASILEIROS VOCÊ CONHECE ESTE BRASILEIRO?
Este brasileiro é filho de lavradores, Eurídice Ferreira de Mello (Dª Lidú) e Aristides Inácio da Silva, nascido em Caetés, distrito de Garanhuns, sertão pernambucano. Apelidado de LULA, veio a perder SUA MULHER E SEU FILHO, por falta de atendimento de saúde pública.
Seu irmão mais velho Zé Cuia, morreu de doença de Chagas.
Passou fome e viveu na miséria no sertão pernambucano.
Veio com a família para São Paulo, ainda menino, passando a viver em um barraco insalubre, sem água e nem luz, que despencou com as enchentes. Junto com mais sete irmãos, LULA viu sua mãe lavar roupa para fora e "catar" grãos de café no chão, que caiam das sacas dos estivadores para sobreviver. A mãe apanhava do pai, que bêbado, também sempre espancava os filhos. Sua avó, seu pai e dois de seus irmãos eram alcoólatras. (Extraído do Livro: Lula- O Filho do Brasil, de Denise Paraná, biógrafa do Oficial do Presidente Lula)LULA SE GABA DAS SUAS ORIGENS! LULA DIZ QUE, PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA, UM RETIRANTE, SOBREVIVENTE DA MISÉRIA E OPERÁRIO, CHEGOU A PRESIDENCIA DA REPÚBLICA!
A matéria a seguir, relata fato contundente:
Perigo no prato do brasileiro!!!! /MATERIA DIVULGADA EM VÁRIOS SITES DE AGRICULTURA, PORÉM FOI MISTERIOSAMENTE TIRADA DO AR. LEIA, POIS É MUITO PERIGOSO.
Confirmado na última semana o 83º caso de Chagas contraído a partir do Feijão servido nas
refeições dos brasileiros.
Pelo que foi divulgado pela mídia especializada na última quarta-feira toda a colheita entregue por uma
cooperativa de plantadores de feijão (COOVENF) está contaminada com o protozoário da doença de Chagas (tripanosoma cruzi), oriunda do Barbeiro.
A doença se alastrou com rapidez, pois a cooperativa atende a mais de 18 empresas que embalam o Feijão e destribuiem para todo Norte, Centro Oeste e Sudeste do Brasil.
O que é mais alarmante é que foi constatado que os lotes não foram tirados de circulação,
fazendo com que o número de infectados aumente a cada semana.
É Sabido que já se contrairam CHAGAS a partir dos tipos carioquinha, jalo e preto,
porém, especialistas da UNIUPS-GO - Universidade Ubirajara Pereira de Souza de Goiás estão analisando se os tipos mulatinho, roxinho e branco também estão
contaminados, uma vez que todos são originários da mesma Cooperativa.
A Maioria dos doentes estão no sul do estado de Goiás, São Paulo e Minas, porém
sabe-se que há casos no Acre, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
Infectologistas estão recomendando que se troque temporariamente o feijão por
Canjica ou Grão de Bico (imunes ao Chagas) porém, se for indispensável o uso do
grão do feijão nas refeições, aconselham que use 4 gotas de dendê ou 2 de vinagre
de maçã no feijão que fica de molho pós lavagem.

2 comentários:

Markus disse...

Essa Universidade, de acordo como o site do MEC, NÃO existe.
Última quarta-feira: qual quarta, dia 01/04, 25/03, 18/03, etc?
Os especialistas tem nome? Senão todos, alguns ou o chefe deles? Será meio difícil visto que a tal Uniups não existe.
Procurando pela tal de COOVENF, essa também não existe.
Pra resumir, isso aí é HOAX.

Markus

Anônimo disse...

Boato total! Basta fazer uma busca no google para constatar que a Universidade Ubirajara Pereira de Souza de Goiás não existe!